16 fevereiro 2009

A bola é minha

Duas crianças brincam quando uma fala para a outra que quer jogar queimada, a outra que é dona da bola responde: eu quero jogar vôlei.
Democraticamente a primeira faz uma votação e ganha a opção queimada, então o dono da bola diz: então eu não jogo. Depois como num estalo pega a bola na mão e diz: melhor, ninguém joga, a bola é minha.

Qualquer semelhança com a realidade não é coincidência.

2 comentários:

  1. Querida venho visitar seu blog, e agradecer seu comentário, gostei do que escreve, passarei mais vezes beijinho boa semana.

    ResponderExcluir
  2. Com quem as crianças aprendem isso???

    ResponderExcluir

Deixe seu Ponto e marque também um ponto esportivo, visite agora: www.apenasumpontoesportivo.blogspot.com